Passar para o conteúdo

Rinologia

Hoje a chave mestre do diagnóstico das rinosinusopatias está na realização de avaliações endoscópicas com fibra óptica, utilizando telescópios rígidos e flexíveis. Os telescópios flexíveis favorecem a investigação em crianças, não só identificando as verdadeiras sinusites como definindo as dimensões das adenóides através da sua visualização direta, avaliando também o esfíncter velo palatino.

Videofibronasoscopia: Objetiva diagnóstico das rinites e sinusites, identificando processos agudos e crônicos. Definindo a estrutura nasal interna, o cavum , avaliando também o esfíncter velo palatino, elucidando assim a dimensão das adenóides e identificando possíveis tumorações. O exame de rotina inclui :Videofibronasoscopia.